Em dois anos, construção de nova delegacia chega a 16%, diz delegado

Enquanto obra não acaba, prédio provisório é pequeno em Taquarituba.
SSP culpa empresa que diz ter falido; construtora não foi localizada.

Em dois anos, construção de nova delegacia chega a 16%, diz delegado

Dois anos após o início da construção da nova delegacia de Taquarituba (SP) apenas 16% da obra foi concluído, afirma o delegado seccional de Avaré (SP), Jorge de Oliveira. Os trabalhos começaram no fim de 2013 e estão paralisados desde que a empresa alegou falência.

Em dois anos, construção de nova delegacia chega a 16%, diz delegado
Em dois anos, obras não foram concluídas
(Foto: Reprodução/ TV TEM)

“Infelizmente a empresa veio a ter problemas financeiros e abandonou a obra. A partir deste momento iniciou-se o processo para a rescisão contratual e penalizar a empresa pelos prejuízos. Agora, nós estamos com processo pronto para nova licitação”, diz Oliveira.

A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP) alega que a culpa do problema é da empresa que abandonou a obra. A construtora foi procurada pela TV TEM, mas não encontrada. O pedreiro Dorival Donizete trabalhava na obra e até precisou entrar na Justiça para receber o que tinha direito. “Trabalhei em 2013 e 2014. Sou um dos prejudicados”, afirma.

Uma nova licitação deve ser lançada em março para que as obras possam ser retomadas. O valor orçado é de R$ 2 milhões. Há também previsão de mudança para um imóvel maior. Mas enquanto a solução não chega, os funcionários da Polícia Civil e a população têm de usar um prédio provisório.

Segundo o delegado Fabiano Rueda, o local é apertado, quente e não tem acessibilidade para deficientes. “É um imóvel pequeno, por isso se torna muito quente. Além disso, as adaptações são feitas de maneira improvisada. O atendimento ao público torna-se comprometida sendo a maior dificuldade que a gente tem”, conta.

Em dois anos, construção de nova delegacia chega a 16%, diz delegado
Delegacia provisória tem corredores apertados e falta de espaço (Foto: Reprodução/ TV TEM)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas