Eletrobras lança edital para contratar consultoria em ‘estudo técnico’

Kelly Lima, da Agência Estado
RIO – A Eletrobras lançou vai contratar consultoria para a realização de “estudo técnico de sustentabilidade econômico-financeira e risco da carteira dos empreendimentos das suas empresas”. O prazo para a entrega das propostas em licitação que vai definir qual será a empresa responsável pela consultoria termina no próximo dia 31 de março. Não serão permitidos consórcios de empresas, ou companhias cujos dirigentes, sócios ou gerentes mantenham vínculo empregatício com a Eletrobras.

De acordo com o edital chamando para a licitação, o estudo técnico tem como principal objetivo a análise econômico-financeira, operacional (comercial), jurídica (aspectos societários e de regulação) de todos os empreendimentos que estão hoje na carteira da empresa e de suas coligadas, além da avaliação do binômio rentabilidade/riscos associados para promover um diagnóstico consolidado das participações que a holding e suas controladas possuam.

A consultoria também terá a função de formular recomendações a serem tomadas pela holding em relação àquela participação,considerando as boas práticas de governança corporativa. “No início dos anos 90 as empresas do Sistema Eletrobras foram inseridas no Programa Nacional de Desestatização (PND) e com isso vários projetos de investimento corporativos foram desincentivados.

Porém, no limiar da década seguinte, mesmo ainda inseridas no referido programa, as empresas do Sistema Eletrobras, para contornar um período de escassez de recursos financeiros, e visando viabilizar uma constante necessidade de expansão da capacidade de geração e de transporte de energia elétrica, foram incentivadas a se associar, como minoritários, a outras empresas, empreendedores, formando assim Sociedades de Propósito Específico, mais conhecidas como SPEs, sempre com participação minoritária das empresas do Sistema Eletrobras”.

Justificou a companhia no edital, citando os exemplos mais recentes e relevantes da constituição de SPEs, os empreendimentos para aproveitamento do potencial hidrelétrico do Rio Madeira (UHE Santo Antônio e UHE Jirau), com participação de Furnas, na primeira usina, e Chesf e Eletrosul na segunda.

A consultoria também terá como foco avaliar a participação da Eletrobras nas distribuidoras de energia, que têm amargado prejuízos. Ontem, o presidente da estatal, José Da Costa Carvalho Neto, disse que o processo de recuperação deixa a desejar. Segundo ele, é intenção da empresa aumentar sua participação nas seis distribuidoras que detém hoje, visando ampliar sua influência no gerenciamento das mesmas, além de estudar a possibilidade de vir a incorporar mais outras quatro distribuidoras.

Assembleia

A Telebrás realizará Assembleia Geral Ordinária (AGO) na tarde do dia 6 de abril, em Brasília. O edital de convocação da assembleia foi publicado na edição de hoje do Diário Oficial da União.

Entre os temas que serão abordados na AGO estão a tomada de contas dos administradores, com a análise, discussão e votação do relatório da administração e as demonstrações financeiras, acompanhados dos pareceres do conselho fiscal e dos auditores independentes, referentes ao exercício social de 2010; a eleição de membros do conselho fiscal; além da fixação da remuneração dos membros da Diretoria e dos Conselhos de Administração e Fiscal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas