Edital da 1ª parceria público privada de MS será lançado semana que vem

Edital para seleção de empresas será aberto semana que vem

Edital da 1ª parceria público privada de MS será lançado semana que vem
Governador do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB), nesta sexta-feira (17). (Foto: Fernando Antunes)

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB), anunciou, nesta sexta-feira (17), que o governo firmará a primeira PPP (Parceria Público Privado) do Estado na Sanesul (Empresa de Saneamento em Mato Grosso do Sul) e que o edital do projeto será lançado semana que vem.

Edital da 1ª parceria público privada de MS será lançado semana que vem
Governo entregou equipamentos para a Sanesul. (Foto: Fernando Antunes)

Após a abertura do edital, empresas interessadas poderão apresentar uma PMI, que é uma Proposta de Manifestação de Interesse, segundo o governador. A intenção da PPP é levar esgotamento sanitário para os 68 municípios de MS, que fazem parte da atuação da Sanesul.

Nesta sexta-feira, o governador explicou que não se trata de uma privatização, nem concessão. A Sanesul continua sendo uma empresa 100% pública”, esclarece. No caso da PPP, a empresa classificada investe seu capital e realiza o serviço, como contrapartida pode lucrar com divisão com o governo de taxas recolhidas pelo serviço ou remunerado pelo governo. Demais detalhes sobre a PPP serão divulgados somente semana que vem, quando o edital for aberto, em uma coletiva de imprensa.

De acordo com o governador, se o esgotamento fosse realizado somente pela Sanesul, o serviço poderia levar de 50 a 60 anos para ficar pronto, enquanto que uma empresa tem a capacidade de concluir em 10 anos. “A intenção é fazer em espaço menor de tempo e com um serviço mais moderno. Esse investimento em saneamento e serviço de esgoto tem ligação direta com a saúde, quando investe em saneamento economiza em saúde”.

R$ 4 milhões – Nesta sexta-feira (17), foi entregue a revitalização do complexo da Sanesul, em Campo Grande. Segundo o diretor-presidente, Luiz Rocha, foram investidos R$ 4.659.449,00 de recursos próprios no setor. Deste total, uma parte foi destinada a ampliação do complexo operacional.

A outra parte para compra de equipamentos, R$ 2.878.919,00 para aquisição de roçadeiras, bomba esgotar, carreta de reboque, carretilhas para moto, motocicletas, placa vibratória, carros, equipamentos de esgoto, contender e uma ambulância para o sindicato dos servidores da entidade.

O presidente esclareceu que a ampliação ocorreu no laboratório e que os equipamentos servirão para novas ligações, projetos, bem como para reposição de asfalto. Eles explicaram que, quando a Sanesul vai aos municípios para obras de esgoto acaba deixando aberta valas nos asfaltos e, por isso, máquinas foram adquiridas. “Para que, se valas forem abertas, a própria Sanesul faça o reparo”.

Segundo o governador, os equipamentos vão “melhorar a eficiência dos trabalhos da Sanesul, além de terminar com esse problema nas cidades”, disse, se referindo a estragos deixados nas ruas. “Além da falta de recursos para obras esporádicas, os municípios reclamavam destas valas que demoravam para ser tapadas”. O recurso e equipamentos serão distribuídos para todas as unidades regionais de MS.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas