Edio Lopes reivindica homologação de pista de voo em comunidade indígena

O parlamentar está empenhado para que a homologação da pista seja possível e o ministério realize estudos na região

Edio Lopes reivindica homologação de pista de voo em comunidade indígena
Fotos: Zeca Ribeiro/SRI
O deputado esteve em audiência com o ministro da Aviação Civil, Eliseu Padilha

A região onde habita a comunidade dos Ingarikós, na terra indígena Raposa Serra do Sol, no município do Uiramutã, é uma área de difícil acesso. O único modo de chegar a região é por meio de aeronaves de pequeno porte, já que a pista de pouso é reduzida e não pavimentada.
Diante da demanda da comunidade, o deputado federal Edio Lopes (PMDB/RR) esteve na Secretaria de Relações Institucionais da Presidência da República, nesta quinta-feira (16), para tratar sobre a homologação da pista com o ministro da Secretaria de Aviação Civil, Eliseu Padilha.
O parlamentar está empenhado para que a homologação da pista seja possível e o ministério realize estudos na região. “O ministro Eliseu Padilha foi bastante solicito e nos garantiu que vai agilizar o processo”, contou Edio.
De acordo com o deputado, a pista também irá permitir o desenvolvimento do Centro de Criação de Bovinocultura, que será implantado com emenda individual do deputado. “Apresentei esse projeto para levar desenvolvimento agrícola a região e alimento de qualidade à comunidade”, explicou.
O projeto de bovinocultura na comunidade dos Ingarikós recebeu emenda no valor de R$ 750 mil e, em breve, será implantado. “O projeto já foi aprovado e aguarda apenas a realização da licitação pelo Governo do Estado e a liberação dos recursos pela Sudam –Superintendência da Amazônia”, completou o deputado.
Além da pista, o projeto de bovinocultura é outra reivindicação antiga da comunidade, apresentada ao deputado pela liderança indígena Dilson Ingarikó. “A comunidade necessitava de um incentivo para produzir, por isso o Dilson nos procurou e apresentou a vontade dos demais indígenas da localidade”, lembrou.
Durante a reunião, Edio Lopes fez questão de destacar ao ministro Eliseu Padilha a importância da pista para o sucesso do projeto. “Com os recursos que conseguiremos, vamos adquirir 365 gados, sendo 15 deles reprodutores, um trator, insumos para manter a criação de gados por pelo menos 2 anos e ainda estaremos custeando a capacitação técnica dos indígenas. Mas para levarmos tudo isso à comunidade precisamos de um deslocamento adequado. Essa pista será essencial para transportar grande parte do material necessário”, disse ao ministro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas