Dilma muda agenda e fará último evento como ministra em Pernambuco.

BRASÍLIA – Pré-candidata do governo à sucessão presidencial pelo PT, a chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, realizará seu último evento como ministra na próxima terça-feira em Pernambuco. Sua programação, que previa, inicialmente, eventos no Rio Grande do Sul e em Minas Gerais, teve de ser mudada por dificuldades de agenda, segundo a assessoria da Casa Civil.

Ao lado do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ela visitará na terça-feira um trecho da Ferrovia Transnordestina, uma das obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

A Transnordestina, que interligará os estados do Piauí, de Pernambuco, do Ceará e de Alagoas, é uma das principais obras do PAC, com investimento de R$ 5,4 bilhões e expectativa de geração de 7.000 empregos. Deve ser concluída em setembro de 2011. O projeto envolve a construção de 1.728 quilômetros de ferrovia e a remodelagem de outros 550 quilômetros.

Em Minas e no Rio Grande do Sul – o primeiro, estado onde nasceu, e o segundo, onde fez carreira política -, Dilma inauguraria obras do PAC.

Houve também outra alteração. Em vez de empossar os novos ministros no dia 1º de abril, a Presidência da República decidiu antecipar em um dia o ato.

Ainda na próxima semana, Dilma será a grande estrela do lançamento do Programa de Aceleração do Crescimento 2 (PAC-2), segunda-feira, em Brasília. São esperadas 1.200 pessoas, entre ministros, governadores, prefeitos, empresários e trabalhadores, e Dilma fará a apresentação do programa. Além dela, Lula e o ministro da Fazenda, Guido Mantega, farão discurso no evento.

Nesta sexta, Lula e Dilma participam de três eventos na Bahia
Na visita que farão nesta sexta-feira a Ilhéus e Salvador, Lula e Dilma participarão de três eventos, incluindo a abertura do processo de licitação de 14 lotes da Ferrovia Oeste-Leste – um megaprojeto, com investimento previsto de R$ 6 bilhões, que deverá integrar as regiões Centro-Oeste e Nordeste. O Ibama, porém, não concedeu a licença de instalação, sem a qual não será possível iniciar a obra. As propostas das empresas interessadas só poderão ser abertas após a aprovação do órgão.

A Ferrovia Oeste-Leste é um anseio antigo do governo da Bahia e está incluída entre uma das prioridades do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Orçada em R$ 6 bilhões, terá 1.490 quilômetros de extensão e ligará Ilhéus, Caetité e Barreiras (na Bahia) a Figueirópolis (em Tocantins).

Já José Serra (PSDB) deixará o governo de São Paulo no dia 31 para disputar a Presidência. No dia 10 de abril, haverá um grande evento em Brasília, para o lançamento de sua pré-candidatura em 10 de abril. Os tucanos esperam reunir 2 mil pessoas no encontro.

O fim da temporada de desincompatibilização marcará efetivamente o início das pré-campanhas à sucessão de Lula.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas