Detran-MG revoga licitação após recomendação do Ministério Público

Segundo MPMG, negócio poderia causar prejuízo de mais de R$ 30 milhões. Empresa iria implantar sistema de emissão de carteiras de identidade.

O Detran-MG revogou nesta terça-feira (4) a licitação para contratar a empresa que deveria implantar um sistema integrado de emissão de carteiras de identidade entre o órgão, o Instituto de Identificação e a inteligência da Polícia Civil. Em outubro, o Ministério Público de Minas Gerais havia recomendado a revogação.
De acordo com o MPMG, a diferença entre o menor preço e o preço da empresa vencedora causaria um prejuízo de cerca de R$ 33 milhões aos cofres públicos, em cinco anos de contrato. Das quatro empresas que participaram da concorrência, três foram desclassificadas. Segundo o Ministério Público, havia também no edital exigências que somente a empresa vencedora seria capaz de cumprir, o que levantou a suspeita de favorecimento.
A assessoria do Detran informou que a licitação está suspensa e que um novo edital será publicado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas