Descontaminação do Jardim das Oliveiras começa neste ano

Prefeito de São Bernardo, Luiz Marinho, anunciou nesta quinta-feira (11) que licitação para as obras de descontaminação deve ser lançada ainda em agosto

Descontaminação do Jardim das Oliveiras começa neste ano
Crédito: Raquel Toth
A licitação para a execução do projeto de descontaminação de localidade no Jardim das Oliveiras, em área antes ocupada por um lixão, será aberta em agosto, com previsão das obras iniciarem até o fim do ano. O anúncio foi feito pelo prefeito de São Bernardo, Luiz Marinho, nesta quinta-feira (11), na Escola Municipal de Educação Básica (Emeb) Karolina Zofia Lewandowska, no Parque Esmeralda, durante reunião com as famílias que, ao longo do tempo, se instalaram na região e que buscavam, há anos, uma solução para o problema. Estiveram presentes cerca de 200 pessoas, além de técnicos e secretários municipais.
O bairro foi constituído há mais de 20 anos sobre um antigo lixão. Em 2008, havia uma decisão judicial, com base em laudo da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb), para a remoção de 360 moradias. No entanto, o prefeito Luiz Marinho, desde o início de sua primeira gestão, em 2009, defendeu que deveria ser elaborado um projeto que reduzisse os danos ambientais e permitisse manter as famílias no local com segurança. “Conseguimos remover apenas 30 famílias, todas indenizadas. Com isso, garantimos a permanência de um número grande de pessoas nas suas casas”, disse.
Marinho explicou que o projeto de redução de danos às famílias estava embasado em estudos ambientais, levantamentos e medições realizados no local, e que foram, posteriormente, apresentados à Cetesb. “Não há mais pendências (com a Cetesb) e o Ministério Público também está de acordo com a proposta apresentada pela Prefeitura. Vencemos muitos obstáculos e, agora, com a colaboração de todos vocês, vamos dar continuidade ao processo.”
Fazem parte do projeto, além da descontaminação, a construção de galeria e a pavimentação de vias. O geólogo Fernando Fernandes explicou, durante a reunião, que a eliminação dos problemas ambientais e de segurança para os moradores ocorrerá com a extração dos gases resultantes do soterramento do lixão – processo que terá monitoramento contínuo – e com a cobertura de mancha no solo, formada pela contaminação. O projeto prevê, ainda, a instalação de sistema de drenagem.
“Ao fim de todo o processo, o Jardim das Oliveiras será um novo bairro e as pessoas vão poder viver com tranquilidade”, afirmou Mary de Oliveira, que reside no local desde que a comunidade foi constituída. “Agora já posso imaginar a construção de uma nova laje para a minha casa”, explicou.
Fernandes ressaltou que, durante as intervenções, quando serão instalados 115 poços para o escoamento do gás, os moradores devem observar algumas restrições. A área recoberta, por exemplo, não poderá ter qualquer tipo de atividade agrícola, poços de água ou qualquer escavação.
O secretário de Transportes e Vias Públicas de São Bernardo, Oscar Silveira Campos, presente ao encontro, anunciou que será feita a pavimentação das ruas da comunidade, que até então seria feita em apenas duas. Ele também explicou que foi impetrada ação pela Prefeitura junto ao Ministério Público para desfazer embargo de construção de novas moradias no bairro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas