Defensoria Pública exige instalação de radares na Dante Micheline.

A Defensoria Pública do Espírito Santo vai protocolar nesta segunda-feira (18) uma ação civil pública contra a Prefeitura de Vitória exigindo a instalação de radares fixos de controle de velocidade na avenida Dante Micheline, na Praia de Camburi. O executivo municipal informou que até maio os novos equipamentos serão instalados nas principais vias da cidade.

Na madrugada da última sexta-feira (15), um jovem morreu após bater com o carro num poste da via. De acordo com o Batalhão de Trânsito da Polícia Militar, o rapaz estava dirigindo em alta velocidade. O veículo foi partido ao meio com o impacto da batida.

O defensor público Carlos Eduardo Rios do Amaral, autor do texto, disse que o intuito da ação civil é cobrar agilidade da prefeitura na aquisição dos radares para evitar que a Dante Micheline se transforme na avenida da morte. “Tem que acabar as mortes na avenida Dante Micheline para que acabem o sofrimento dessas muitas famílias, que isso não se repita e que a avenida Dante Micheline continue sendo a linda avenida que contorna toda a linda Praia de Camburi. Que ela seja a avenida da vida e não da morte.”

Rios do Amaral ainda informou que o objetivo da ação não é com arrecadação por conta de possíveis multas, mas sim com a necessidade de se controlar a velocidade dos motoristas por meio dos radares. “A administração pública municipal deve ser o mais eficiente e o mais breve possível. A fiscalização deve se dar de maneira eficiente daí a necessidade da ação civil pública.”

Radares nas principais vias de Vitória

O secretário de Transportes de Vitória, Fábio Damasceno, informou que, em fevereiro, será publicado o edital de licitação para a compra dos radares não só para a Dante Micheline como para todas as principais vias da cidade, entre elas as avenidas Fernando Ferrari, Nossa Senhora da Penha, Leitão da Silva e Marechal Mascarenhas de Moraes (Beira-mar).

A expectativa do secretário é de que até maio os equipamentos estejam instalados. “Nós pretendemos soltar o edital em fevereiro. Tem todo o tramite burocrático para o edital e esperamos que dentro de uns três ou quatro meses os radares estejam sendo instalados.”

Além dos radares fixos permanentes, o edital de licitação também prevê a compra de detectores de avanço de sinal vermelho que serão instalados nos semáforos dos principais cruzamentos de Vitória.Defensoria Pública do Espírito Santo vai protocolar nesta segunda-feira (18) uma ação civil pública contra a Prefeitura de Vitória exigindo a instalação de radares fixos de controle de velocidade na avenida Dante Micheline, na Praia de Camburi. O executivo municipal informou que até maio os novos equipamentos serão instalados nas principais vias da cidade.

Na madrugada da última sexta-feira (15), um jovem morreu após bater com o carro num poste da via. De acordo com o Batalhão de Trânsito da Polícia Militar, o rapaz estava dirigindo em alta velocidade. O veículo foi partido ao meio com o impacto da batida.

O defensor público Carlos Eduardo Rios do Amaral, autor do texto, disse que o intuito da ação civil é cobrar agilidade da prefeitura na aquisição dos radares para evitar que a Dante Micheline se transforme na avenida da morte. “Tem que acabar as mortes na avenida Dante Micheline para que acabem o sofrimento dessas muitas famílias, que isso não se repita e que a avenida Dante Micheline continue sendo a linda avenida que contorna toda a linda Praia de Camburi. Que ela seja a avenida da vida e não da morte.”

Rios do Amaral ainda informou que o objetivo da ação não é com arrecadação por conta de possíveis multas, mas sim com a necessidade de se controlar a velocidade dos motoristas por meio dos radares. “A administração pública municipal deve ser o mais eficiente e o mais breve possível. A fiscalização deve se dar de maneira eficiente daí a necessidade da ação civil pública.”

Radares nas principais vias de Vitória

O secretário de Transportes de Vitória, Fábio Damasceno, informou que, em fevereiro, será publicado o edital de licitação para a compra dos radares não só para a Dante Micheline como para todas as principais vias da cidade, entre elas as avenidas Fernando Ferrari, Nossa Senhora da Penha, Leitão da Silva e Marechal Mascarenhas de Moraes (Beira-mar).

A expectativa do secretário é de que até maio os equipamentos estejam instalados. “Nós pretendemos soltar o edital em fevereiro. Tem todo o tramite burocrático para o edital e esperamos que dentro de uns três ou quatro meses os radares estejam sendo instalados.”

Além dos radares fixos permanentes, o edital de licitação também prevê a compra de detectores de avanço de sinal vermelho que serão instalados nos semáforos dos principais cruzamentos de Vitória.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas