DAER confirma recuperação da RS 122 a partir de abril.

Ao meio-dia desta sexta-feira, estiveram reunidos representantes do comércio e da indústria regional, assim como autoridades do Vale do Caí, tratando sobre um assunto há muito em voga. Esta reunião, liderada pelo deputado Arnaldo Kney, foi realizada na Tratoria Di Variani, estando presente o engenheiro Júlio Porciuncula, que responde pelo Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), na região.

Porciuncula, ouviu as revindicações das autoridades e dos empresários presentes, garantindo que o trecho entre a Scharlau e o Pedágio do Rincão, assim como do pedágio até a ponte sobre o Rio Caí, em Bom Princípio, já está licitado. “Vamos começar as obras de recuperação do trecho assim que for assinada a liberação dos recursos, o que deverá ocorrer nos próximos dias”, apontou. O engenheiro citou ainda a variante da RS 122, em Bom Princípio, alegando que o trecho será concluído, em sua ligação com o traçado antigo (término do viaduto), havendo também a recuperação da estrada até São Vendelino. “Esta licitação será feita em abril e as obras também não tardarão começar”, avaliou.
Questionado sobre a tecnologia a ser utilizada para a remoção das irregularidades na pista de rodagem (que causam acidentes, especialmente em dias de chuva), Porciuncula citou a frezagem da pista (raspagem) e o posterior recapeamento. Quanto aos canteiros que carecem de limpeza, o engenheiro do Daer disse que as máquinas estão próximas do trecho caiense, portanto, dentro em breve os canteiros deverão estar limpos.

“A nossa rodovia é importantíssima e no estado que se encontra é, praticamente, impossível transitar com segurança. Mortes já ocorreram e o quadro atual precisa ser alterado”, destacou Júlio Campani, presidente do PSDB do Caí, e representante da Oderich, na reunião. Júlio lembra da morte uma colega de serviço, por conta da irregularidade na pista, e de tantos outros acidentes que ocorrem por este motivo.

A previsão das obras iniciando nos próximos dias é otimista, mas o prazo de conclusão (em dois anos) faz com que as pessoas tenham que redobrar os cuidados na rodovia por este período, pois o estado dela é lastimável.

Alex Steffen
alex.steffen@fatonovo.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas