Curitiba terá 80 lombadas eletrônicas em travessias de pedestres

Ao passar por uma lombada eletrônica, os veículos devem reduzir para 40 km/h

A Urbs (Urbanização de Curitiba S/A) está preparando a instalação de 80 lombadas eletrônicas nas ruas e avenidas da cidade, em pontos de travessia de pedestres. Os equipamentos devem serão acionados até o fim do ano.

Do conjunto de novas lombadas eletrônicas, 50 são novas. O restante, equipamentos antigos desativados que passarão por manutenção e serão religados. “As barreiras eletrônicas funcionam como redutor de velocidade, aumentando a segurança, principalmente, dos pedestres”, diz a diretora de Trânsito, Rosangela Batisttella.

Ao passar por uma lombada eletrônica, os veículos devem reduzir a velocidade para 40 quilômetros por hora. As lombadas funcionam com dois sensores magnéticos instalados na pista, no sentido do tráfego. Um microprocessador recebe os sinais elétricos do sensor e calcula a velocidade do veículo com alta precisão.

Para implantação das 80 lombadas eletrônicas, a Urbs fez dois editais de licitação, um para locação de 50 equipamentos novos, e outro para manutenção dos antigos.

Diferente dos radares, as lombadas eletrônicas não fiscalizam a velocidade máxima permitida na via, apenas controla a velocidade dos veículos em determinados pontos para facilitar a travessia de pedestres. “Os dois tipos de equipamentos têm a função de oferecer maior segurança no trânsito”, diz Rosângela.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas