Cucas inacabados terão licitação de R$ 1,5 milhão, diz Roberto Claudio

Cuca da Regional VI possui apenas 55% das obras terminadas.
Para concluir as obras prefeitura terá que fazer nova licitação.

O prefeito de Fortaleza, Roberto Claudio, afirmou na manhã desta quinta-feira (10) que o Centro Urbano de Cultura, Arte, Ciência e Esporte (Cuca) das Regionais V e VI, nos Bairros Mondubim e São Cristovão, estão longe de ser concluídos, apesar de serem inaugurados pela gestão anterior. Para concluir os equipamentos, será feita nova licitação no valor de R$ 1,5 milhão.
Em um deles, o prefeitose disse impressionado pelo fato de um canal com dejetos passar dentro do equipamento voltado para lazer e cultura de jovens. “Há um canal construído com fezes expostas cortando todo o Cuca. Isso é um absurdo, um equipamento novo que vai receber jovens e crianças possuir um canal desses. É uma irresponsabilidade”, disse o prefeito. Acompanhado de técnicos e engenheiros, Roberto Claudio visitou as instalações inacabadas. Madeira e pedaços de aço ainda estão espalhados pelo terreno.
Nova licitação
O projeto inicial do Cuca da Regional VI tinha a previsão de gastar R$ 11 milhões com a construção do equipamento. Com os aditivos esse valor poderia chegar até R$ 16 milhões. Segundo o prefeito, pouco mais da matade da obra foi concluída até agora e já quase não há dinheiro em caixa para tocar os trabalhos.
O Cuca da Regional VI possui 55% das obras. “Toda obra pública se permite que 25% a mais do valor que foi licitado seja gasto com ela. O que se chama aditivo. Essa obra já está toda aditivada. Então não tem mais um real a mais para se gastar com essa obra. Ela toda terminada vai faltar ainda dinheiro e será preciso uma nova licitação para fazer o teatro e para adequar o acesso dos visitantes. Isso vai custar R$ 1,5 milhão a nossa gestão. Fora os equipamentos que ainda não estão comprados. Isso vai nos custar nova licitação com certeza”, afirmou desapontado Roberto Claudio.
Com as obras inacabadas, os Cucas das Regionais V e VI devem ser entregues no segundo semestre de 2013. “Esse é o melhor prazo para que nós podemos estabelecer. Com muito esforço vamos tentar colocar os Cucas para funcionar em agosto”, concluiu o prefeito.
Para ler mais notícias do Ceará clique em g1.globo.com/ce. Siga também o G1 Ceará no Twitter e por RSS.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas