Costa do Encanto: sai licitação para asfaltar 11 km do litoral Norte catarinense.

Três trechos serão pavimentados na região

A necessidade de facilitar o acesso aos principais atrativos do Litoral Norte catarinense pode ser amenizada nos próximos meses. Isso porque o governo do Estado anunicou a abertura de licitação para a execução de terraplanagem, pavimentação asfáltica, drenagem, sinalização e obras complementares em três trechos da Costa do Encanto.

Em Joinville, serão feitas obras de drenagem e asfaltamento num trajeto de aproximadamente um quilômetro na Estrada João de Souza Mello e Alvim, na localidade da Vigorelli. Em São Francisco do Sul haverá obras nas localidades de Gibraltar, Estaleiro e Laranjeiras, onde mais de dez quilômetros de estradas devem ser asfaltados.

O custo total do projeto e a previsão de início das obras não foram divulgados. As empresas interessadas em participar da licitação têm até segunda-feira para entregarem suas propostas.

O governo do Estado também está licitando uma empresa de consultoria para elaboração de projeto de pavimentação asfáltica de outros trechos rodoviários da Costa do Encanto. A extensão aproximada é de 47,6 quilômetros.

A proposta do Projeto Costa do Encanto é integrar Joinville, Garuva, Itapoá, São Francisco do Sul, Araquari, Barra do Sul, Barra Velha e São João do Itaperiú. O roteiro leva em consideração as belezas e os atrativos principais de cada uma das cidades.

INTEGRAÇÃO TURÍSTICA

Intenção era aumentar o turismo em Garuva, Itapoá, São Francisco, Joinville, Araquari, Balneário Barra do Sul, Barra Velha e São João do Itaperiú.

Conclusão era prevista para 2009

A Secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR) de Joinville iniciou a implantação do Projeto Costa do Encanto em 2003 — com previsão de conclusão para o ano passado.

Desde então, as obras só têm saído do papel aos trancos e barrancos. Os viajantes que cruzam as cidades envolvidas no projeto enfrentam estradas cheias de buracos e com má sinalização. Alguns trajetos estão praticamente esquecidos.

Uma das justificativas da SDR para o atraso no andamento das obras é a burocracia nos processos de licenciamento ambiental, já que a maioria das áreas é de preservação.
A NOTÍCIA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas