Corsan destina R$ 690 mil para vias danificadas

Município define nos próximos dias as áreas prioritárias que receberão o investimento

Corsan destina R$ 690 mil para vias danificadas
Foto: Alvaro Pegoraro / Folha do Mate
Obras danificaram algumas das principais vias do centro da cidade.

A Corsan deve destinar R$ 690 mil para a recuperação das vias públicas que passaram pelas obras de canalização de esgoto. A obtenção do recurso foi anunciada na noite de segunda-feira, 14, pelo líder do governo no Legislativo, Telmo Kist (PDT), durante reunião plenária.
Segundo o vereador, a articulação foi realizada juntamente com Executivo e o deputado federal, Pompeo de Mattos (PDT). Inicialmente, a prefeitura de Venâncio Aires buscava um total de R$ 2 milhões para viabilizar a recuperação de 2 quilômetros de vias que contemplaria a parte baixa da cidade, principalmente, as ruas Osvaldo Aranha, Tiradentes, 7 de Setembro, General Osório e Júlio de Castilhos.
Para obter o recurso, a Prefeitura elaborou um relatório com um levantamento das ruas e os problemas observados após a execução das obras pela Companhia, juntamente com uma base de cálculo para justificar o valor solicitado.

INDENIZAÇÃO
Conforme o gerente local da Corsan, Ilmo Dörr, a destinação de recursos para municípios recuperarem vias onde ocorreram obras de canalização de esgoto não é uma prática comum. ‘A Corsan não possui recursos disponíveis para realizar a recuperação de vias, nos municípios, onde ocorreram obras do gênero. Desse modo, o valor destinado trata-se de uma espécie de indenização diante dos transtornos gerados durante execução das atividades’. De acordo com ele, essa foi a estratégia utilizada pelo Executivo para obter o recurso. ‘A empresa contratada pela Corsan já tem a responsabilidade de recuperar as áreas danificadas, outras melhorias desejadas não são atribuições da Companhia’. Segundo Dörr, a definição do valor destinado para a solicitação do Executivo, foi resultado de estudos realizados pela equipe colegiada técnica da Corsan que analisou a base de dados enviada pela Administração e, com base em metodologias próprias, definiu o valor para o município.
De acordo com o secretário de Planejamento, Celso Knies, a partir do anúncio da destinação do recurso, ele deve se reunir com o prefeito Airton Artus, dentro dos próximos dias, para definir quais serão as ruas que passarão pela recuperação. ‘A tendência é que ruas com maior fluxo de veículos passem pela recuperação. O total que buscávamos iria viabilizar o recapeamento das vias do centro que foram danificadas’, disse Knies.
Após a definição das áreas que receberão o investimento, o Executivo abre licitação para contratação da empresa responsável pela execução das obras. Diante disso, Knies considera que há possibilidade das obras iniciarem dentro de 45 dias.
O secretario aponta que o município segue permanentemente na busca de recursos para recapeamento, porém ainda não há nada concretizado.

O valor destinado trata-se de uma espécie de indenização diante dos transtornos gerados durante execução das atividades’
Ilmo Dörr – gerente da Corsan

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas