Contratada Empresa para Reforma da Rodoviária por R$ 1,1 milhão

Contratação gerou economia de R$ 255 mil em relação ao preço estimado na licitação

Empresa vai executar obras de reforma do terminal
Empresa vai executar obras de reforma do terminal

A empresa Construtora Ribeiro & Vicentini Ltda – EPP, de Catanduva, foi contratada pela Prefeitura de Catanduva para executar as obras de reforma do terminal rodoviário João Caparroz, na rua Olímpia, por R$ 1.159.920,91. O valor da contratação está abaixo do estimado pela administração na planilha orçamentária da licitação: R$ 1,4 milhão.
A decisão da comissão de julgamento de licitações da Prefeitura de Catanduva foi publicada ontem, dia 10, no Diário Oficial do Estado, mais de um mês após data marcada para a habilitação das empresas e abertura das propostas. A empresa apresentou o menor custo global no processo licitatório que teve a participação de onze empresas, sendo duas inabilitadas por descumprimento do edital.
O cronograma inicial e orçamentário previa custo de mais de R$ 1,4 milhão que seriam cobertos com recursos provenientes da de convênio, em sua maioria, e o restante seria contrapartida do Município.
“O objeto da licitação será executado através de Convênio com a Secretaria de Logística e Transportes – Departamento de Estradas de Rodagem (DER), sendo R$ 1.200.000,00 de responsabilidade desta, e R$ 214.574,34 de responsabilidade do Município”, detalhou o processo licitatório.
No orçamento inicial, o metro quadrado de reforma custaria R$ 471,57. Com o preço final de R$ 1,4 milhão o custo do metro de reforma caiu para R$ 386,67, ou seja, economia de quase R$ 85 por metro.
Entretanto, segundo o edital, poderá haver revisão de preços do contrato: “Admitir-se-á revisão de valores caso haja desequilíbrio econômico-financeiro do contrato devidamente comprovado e aceito pela outra parte, através do IPCA – Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo”, prevê a licitação.
De acordo com o edital da licitação, a empresa terá um ano para executar a reforma a contar da expedição da ordem de serviços. As obras deverão ser realizadas de acordo com projeto e determinações da Secretaria Municipal de Obras e Serviços e os pagamentos à empresa serão realizados de acordo com as medições realizadas pela administração.
De acordo com o setor de licitações da Prefeitura o tempo decorrido entre a data de habilitação, 7 de agosto, e a decisão da comissão de licitação se estendeu por mais de um mês em função dos prazos para recursos de habilitação e análise técnica das Secretarias de Obras e Planejamento do Município.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas