Contratação de empresa para limpeza é suspensa.

Sergio Guzzi
Sexta-feira – 09/04/2010 – 16h35

Araçatuba – A Secretaria de Governo e Gestão Estratégica da Prefeitura de Araçatuba suspendeu ontem (8), após recomendação do TCE-SP (Tribunal de Contas do Estado de São Paulo), licitação que deveria definir hoje (9) empresa que seria contratada pelo município para fazer a limpeza de Emebs (Escolas Municipais da Educação Básica).

O processo licitatório prevê um gasto de R$ 3.404.423,80 ao município, para o período de um ano de prestação de serviços. É a primeira suspensão de licitação da Prefeitura após o advogado Eduardo Ferreira Mendes assumir o lugar de Márcio Chaves Pires, que, à frente da pasta, enfrentou outros questionamentos perante o TCE-SP.

Com a suspensão, o edital publicado pela Prefeitura será analisado por técnicos do tribunal, que decidirão pela correção de eventuais falhas ou até mesmo anulação do certame. No ano passado, a administração municipal já havia tentado, sem sucesso, contratar empresa para limpar as escolas e repartições das secretarias municipais. O processo foi interrompido por determinação do órgão fiscalizador.

A suspensão foi provocada por representação do advogado Lindemberg Melo Gonçalves, que, nos últimos meses, tem feito marcação pesada contra a administração municipal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas