Conselho do Ambiente questiona licitação do lixo

O Conselho Municipal do Ambiente (Consema) deve se reunir próxima segunda-feira (31) para discutir o edital de licitação da coleta do lixo em Londrina, publicado esta semana pela Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU), com valor de R$ 115,8 milhões para cinco anos.

O presidente do conselho, Fernando Barros, disse que chama atenção no edital o fato de não estar especificada a coleta separada de rejeitos e lixo orgânico. Isto é imprescindível, disse ele, por que a Central de Tratamento de Resíduos, foi projetada para receber os tipos de resíduos separadamente.

O rejeito será enterrado em vala impermeabilizada e o orgânico deve ser compostado. “Se esta falha no edital se confirmar, vamos solicitar ao Executivo que retifique o edital”, disse Barros à Rádio Paiquerê AM.

Hoje a coleta separada de rejeito e orgânico ocorre apenas em alguns pontos do centro de Londrina. “Acho que o edital também dever ter estabelecido um encargo para a empresa vencedora de fazer uma campanha de educação sobre os tipos de lixo e a necessidade de a população separar”, opinou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas