Comunidade tem prazo para analisar Plano de Saneamento.

O santa-cruzense terá dez dias para analisar e opinar sobre o Plano Municipal de Saneamento de Santa Cruz do Sul. O material está disponível no site da Prefeitura. Nesta quinta-feira à noite o estudo foi apresentado em uma audiência pública realizada na Câmara de Vereadores.

Cerca de 200 pessoas, entre políticos e líderes setoriais e comunitários, participam agora à noite da audiência pública de apresentação do Plano Municipal de Saneamento de Santa Cruz do Sul. Elaborado ao longo de quatro meses pela Beck de Souza Engenharia, o estudo servirá de base para a licitação que definirá, ao longo de 2011, a empresa responsável pelos serviços de água e saneamento pelos próximos 30 anos.

Depois da apresentação por parte dos técnicos da empresa, o plano será debatido pelos participantes da audiência pública. A Beck de Souza avalia que para garantir serviços de qualidade nas próximas três décadas, a Prefeitura deverá exigir da empresa que vencer a licitação investimentos na ordem de R$ 51 milhões em abastecimento de água e R$ 152 milhões em saneamento.

Atualmente, conforme o estudo, apenas 7% de todo o esgoto produzido na cidade é coletado e tratado. A sugestão dos técnicos é que se cobre da futura concessionária dos serviços de água e esgoto que, até 2030, o serviço atinja 95% da população urbana. Outra meta proposta pelo plano é a redução da perda de água tratada. Hoje, cinco a cada dez litros produzidos pela Corsan são perdidos por meio de gatos e vazamentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas