Com R$ 270 milhões assegurados por ministro, Prefeitura planeja obras de infraestrutura de drenagem

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Bairros como a Vila Popular (na Bacia do Imbirussu), Santo Antonio (Bacia do Lagoa), Jardim Paradiso (Bacia do Segredo) e regiões do centro da cidade no entorno e as margens dos córregos do Vendas e Prosa, serão beneficiados com obras que deverá resolver problemas de alagamentos. Os reparos fazem parte do projeto de manejo de águas pluviais e prevenção de cheias que o prefeito Gilmar Olarte entregou ao ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, que garantiu a viabilização de R$ 270 milhões do PAC III para sua execução.

O projeto prevê intervenções nos córregos Imbirussu e Serradinho (na Bacia do Imbirussu); Segredo(na Bacia do Segredo); Prosa e Vendas, rebaixamento do lago no Parque das Nações Indígenas (na Bacia do Prosa); desassoreamento do Lago do Amor (Bacia Hidrográfica do Bandeira).

O maior investimento será na Bacia Hidrográfica do Prosa, que tem áreas próximas ao centro da cidade, densamente povoadas, e onde todo o espaço urbano está praticamente impermeabilizado. Para acabar com os alagamentos em regiões como a intersecção das ruas Bahia, Joaquim Murtinho e Ricardo Brandão, está sendo proposta a construção de barragem no Córrego Prosa; de um reservatório (um piscinão) no Córrego Vendas (que deságua no Prosa) e o rebaixamento do lago do Parque das Nações Indígenas, que quando transborda, aumenta a carga sobre o Prosa na altura da Via Parque, aumentando o risco de transbordamento ao longo de todo o seu curso.

Na Bacia Hidrográfica do Lagoa, o investimento previsto é R$ 35 milhões para obras de reforço e ampliação do sistema de microdrenagem da região dos Bairros Santo Antônio e Jardim Imá. Na Bacia do Imbirussu, onde os transbordamentos dos córregos Imbirussu e Serradinho provocam os alagamentos de vias e casas na Vila Popular, com investimento de R$ 75 milhões, está prevista a implantação de reservatório de amortecimento de cheias no Córrego Serradinho e ampliação do bueiro celular na intersecção da Avenida Duque Caxias.

Na Bacia do Segredo, o investimento previsto é de R$ 60 milhões, para pôr fim aos alagamentos na região (em especial do Jardim Paradiso), que estão sendo agravados pela combinação de dois fatores: o assoreamento do Segredo e o processo de impermeabilização da região, com a chegada da pavimentação nos bairros que ficam às margens do córrego.

Na Bacia do Bandeira, o investimento projetado é de R$ 20 milhões, com obras de desassoreamento do Lago Amor, que seria readequado para funcionar como piscinão para regular o fluxo da água pluvial e alivia a carga que é descarregada no Rio Anhanduí, onde o bandeira desemboca.

Para conferir detalhes do projeto acesse o link:http://www.prefeituradecampogrande.com.br/egov/imagemCanais/file/Detalhes_Projeto.pdf

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas