Com nova licitação, estádio em Brasília vai custar o mesmo que Itaquerão

Com a nova conta, o estádio de Brasília alcança o custo do Itaquerão, arena que está sendo erguida pelo Corinthians na zona Leste de São Paulo. Lá, a estrutura principal sairá por R$ 820 milhões.

Brasília – O custo do Estádio Nacional de Brasília, que está sendo construído pelo governo do Distrito Federal para a Copa do Mundo de 2014, será superior a R$ 846 milhões, e não mais R$ 688 milhões ou R$ 671 milhões, que eram as duas previsões de custos oficiais com que trabalhavam, até a semana passada, o Ministério do Esporte e o governo distrital, respectivamente.

No último dia 21, a Novacap (Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil) deu início ao processo de licitação para as obras de cobertura do Estádio Nacional de Brasília, com valor estimado e publicado no Diário Oficial do DF de R$ 175,8 milhões. Com isso, o custo do estádio, pago integralmente pelos cofres do DF, alcançará R$ 863,8 milhões, pelo dados do governo federal, ou R$ 846,8 milhões, como quer agora a administração distrital.

Mas este não será ainda o custo total do Estádio Nacional. Segundo o governo do DF, faltam ainda, pelo menos, mais duas licitações: uma para a compra do gramado e outra para as os 71 mil assentos do estádio, subdivididos entre cadeiras para o público geral, para os camarotes, para o setor VIP e para o setor VVIP. Ainda não há previsão de valor dessas licitações.

Com a nova conta, o estádio de Brasília alcança o custo do Itaquerão, arena que está sendo erguida pelo Corinthians na zona Leste de São Paulo. Lá, a estrutura principal sairá por R$ 820 milhões, segundo a empreiteira Odebrecht, responsável pela obra.

Além disso, o Estado de São Paulo licitará 20 mil arquibancadas móveis para serem utilizadas no estádio durante a Copa, a um custo estimado pela construtora em R$ 70 milhões. Mais caro que as arenas de São Paulo e do DF só mesmo a reforma do Maracanã, estimada em R$ 931 milhões.

O governo do Distrito Federal afirmou que a estimativa de R$ 671 milhões para o custo do estádio jamais incluiu a cobertura da arena, uma obra totalmente diferente, que deve ser contratada junto a empresas especializadas no assunto, e não ser incluída no trabalho das empreiteiras que constrõem o estádio (Andrade Gutierrez e Via Engenharia).

Não é o que consta na Matriz de Responsabilidade da Copa do Mundo de 2014, documento assinado em 13 de janeiro de 2010 pelo então ministro do Esporte, Orlando Silva, e por 11 prefeitos e 12 governadores (Brasília, uma das cidades-sede, não tem prefeito).

A peça define as obras, os custos e as responsabilidades de cada ente federativo em todas as obras da Copa. Lá, o valor estimado do Estádio Nacional de Brasília é de R$ 701 milhões. Já na última atualização do documento, efetuada pelo Ministério do Esporte no último dia 9 de novembro, o valor cai para R$ 688 milhões.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas