Com laudo pronto, resta a licitação.

Está cada vez mais próximo o retorno do local considerado uma das maiores e mais bonitas praças esportivas do Paraná. Estamos falando do ginásio Belim Carolo, localizado junto ao campus Campo Mourão da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR).

Este mês foi concluído o laudo recomendado para avaliar as condições da praça esportiva, que não recebe eventos há anos. Em comunicado repassado pela assessoria de comunicação da UTFPR, o ginásio não apresenta problemas na estrutura. A maior dificuldade está na infiltração de água pelo teto.

Segundo o diretor de Planejamento e Administração do campus, Eugenio Anselmo Gava, a próxima etapa é a realização da licitação para definir a empresa que ficará responsável pela reforma. A previsão é de que isso ocorra até o final deste ano.

Reforma – A previsão da instituição é de que sejam investidos aproximadamente R$ 2,2 milhões para a reforma da parte estrutural do “Ginasião” ou “Renatão”, como ficou popularmente conhecido. Parte dos recursos foram liberados pela Secretaria de Educação Superior (Sesu), órgão vinculado ao Ministério da Educação (MEC). Além disso, o campus mourãoense ainda espera receber verbas por meio de emendas dos deputados federais.

Entre as ações previstas estão os trabalhos de correção no piso, nos banheiros, nos vitrais, na cabine para a imprensa. Também serão colocadas cadeiras para o público, entre outras ações. A previsão é de que esta etapa fique pronta no final de 2010.

“A reforma do ginásio é aguardada com muita expectativa não só por alunos e servidores da UTFPR, mas por toda comunidade mourãoense. Este é um sonho antigo da instituição e o resultado do trabalho de pessoas que acreditaram nesse sonho”, destacou o diretor-geral do campus, Narci Nogueira da Silva,

Belim Carolo – Construído na década de 1970, o ginásio Belim Carolo foi criado para ser a sede da vigésima edição dos Jogos Abertos do Paraná (Jap’s). A obra iniciada em 1975 durou 18 meses, sendo inaugurado em 22 de janeiro de 1976. O ginásio de 4.006 m², possui uma estruturação compacta de ferro e cimento, interligadas no alicerce e na cobertura.

Com capacidade para cinco mil pessoas sentadas, o local é amplamente maior que outros ginásios de Campo Mourão e se compara a praças esportivas de outros municípios de maior porte, como o Chico Neto, de Maringá.

O local foi cedido para a instalação do então Centro Federal de Educação Tecnológica do Paraná (Cefet-PR), em 1995. Na época, Campo Mourão e Maringá disputavam quem sediaria um dos campi, e a prefeitura cedeu o espaço dos alojamentos, da administração e do refeitório do ginásio para a instituição. Nos últimos anos, o local vem sendo utilizado como uma espécie de almoxarifado da instituição.

Por Marcus Ayres, da Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas