Casal reduz perdas e trabalha para acabar com a inadimplência

Nos últimos anos, a Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) passou por uma melhoria significativa, mas ainda há muito trabalho a fazer para que o serviço oferecido à população alagoana torne-se ideal. Foram implantadas ações para aumentar a arrecadação e, consequentemente, o investimento nas redes de abastecimento e saneamento de Alagoas.

Uma delas é a implantação do Programa de Redução de Perdas, realizado por meio de um convênio com a Companhia de Saneamento de São Paulo (Sabesp), e que já garantiu um maior volume de vendas à Casal em 2010 apenas com a correção das irregularidades e redução de perdas. Quase R$ 20 milhões já foram investidos no programa em Maceió.

Por meio do Programa de Redução de Perdas, em um ano, a Casal já conseguiu uma melhoria significativa em Maceió, com um ganho de 10,4% no volume de água colocado nas casas. “Isso significa que a Casal, entre os anos de 2009 e 2010, colocava e vendia uma quantidade de água para os clientes. No final de 2010, nós passamos a vender mais água, sem aumentar a produção. Passamos a vender mais água somente corrigindo as irregularidades e reduzindo perdas”, conta Álvaro Menezes.

Segundo ele, o convênio com a Sabesp tem validade de cinco anos, com os serviços operacionais sendo concluídos ainda em 2011, com a implantação de macromedidores e de hidrômetros e a colocação da válvula redutora de pressão.

Em Maceió, mais especificamente na região do Benedito Bentes, uma experiência já vem apresentando bons resultados. Em meados de março do ano passado, a Casal iniciou um trabalho com o objetivo de até o final de 2010, ter 100% de cobertura de água para o Benedito Bentes I e II e adjacências. Em agosto, a Casal já estava com 100% de água no Benedito Bentes I e atualmente, o Benedito Bentes II está com 90% de cobertura.

“Lá foi feito só um programa de redução de perdas. Não aumentamos a quantidade de poços, nem de bombas. Fizemos uma divisão em distritos, colocamos as válvulas redutoras de pressão e macromedidores, além de hidrômetros, e passamos a controlar as perdas. Nós colocávamos para eles mais de 400 m³ de água e essa quantidade não era suficiente. Todos os dias o reservatório que fica próximo à Coca-Cola não enchia, vivia seco. Hoje não é mais assim. O reservatório enche, pega carga e nós estamos atendendo o Benedito Bentes I em 100% e o II em 90%”, conta o presidente da Casal.

Além de garantir água nas torneiras da população, com o trabalho de redução de perdas no Benedito Bentes, a Casal economizou um volume de 150 m³ de água por hora. “Hoje atendemos a comunidade do Benedito Bentes com 320 m³ de água por hora, aproximadamente. Os 150 m³ por hora restantes foram destinados para a Zona Baixa 1 (que corresponde à região da orla marítima da capital)”, explica Álvaro Menezes.

Em 2011, a Casal entrou no PAC 2 e já tem obras de abastecimento de água e esgotamento sanitário previstas para Maceió e Arapiraca. Um investimento de quase R$ 100 milhões. Um outro projeto que já está pronto e deve ser licitado em maio é o da Parceria Público Privada (PPP), que vai beneficiar a região do Agreste alagoano, a que mais sofre com deficiências no abastecimento, de acordo com o presidente da Casal, Álvaro Menezes. Um investimento de aproximadamente R$ 140 milhões.

“A maior deficiência no abastecimento de água hoje é na região Agreste, especialmente em Arapiraca, que tem 72h de água para um lado da cidade e 72h para o outro. Por meio da PPP, o Estado licita e quem ganhar a licitação executa uma nova captação no Rio São Francisco, em Traipu, uma nova adutora de 57km, uma estação de tratamento de água nova para Arapiraca e ainda deixa 500 m³ de água para a Mineração Vale Verde, que está se instalando em Craíbas”, destaca Álvaro Menezes. Segundo ele, o tempo de execução da obra é de 18 meses. “Se fizermos a licitação em maio, no final do ano a obra deve ser iniciada e, no início de 2013, concluída”, completa.

Assessoria

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas