Capibaribe e Beberibe navegam para o turismo.

Ainda não foi hoje que o Recife definiu quando começará a utilizar barcos para desafogar o trânsito das ruas. O projeto Navega Recife, apresentado nesta terça-feira (30) pelo governo do Estado, está ainda no papel e, sem data prevista, tem como objetivo integrar o sistema de transporte urbano da cidade através dos rios Capibaribe e parte do Beberibe. Mas antes de servir de transporte público, vai enveredar pelo turismo. “O projeto turístico já tem base fincada e é mais barata”, explica o secretário das Cidades, Humberto Costa, citando os catamarans que há dez anos realizam passeios pelas nossas águas.

A cifra de R$ 2,5 milhões foi investida para contratar o consórcio Eicomnor Engenharia e Projetec, que está traçando os estudos preliminares para detalhar a viabilidade tanto do projeto turístico quanto do transporte público. Estima-se que até novembro próximo o levantamento esteja pronto e, assim, com foco no turismo, possa-se identificar parceiros da iniciativa privada para tocar o projeto, que envolve ainda a revitalização das margens dos rios. Se for confirmada a viabilidade do uso dos rios como meio de transporte coletivo, será aberta licitação para concessão pública, assim como acontece com os ônibus.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas