Prefeitura de Divinópolis lança edital que muda regras para mototaxistas

Profissionais terão de pagar taxa de R$ 1.500 e ter vinculação a entidade.
Cidade tem 149 mototaxistas cadastrados; resultado sairá em março.Prefeitura de Divinópolis lança edital que muda regras para mototaxistas

A Prefeitura de Divinópolis abriu uma licitação para regulamentar o serviço de mototáxi na cidade. Uma das exigências é o pagamento de uma taxa de R$ 1.500 e a vinculação a uma empresa, cooperativa ou associação. Os 149 profissionais autorizados pelo Município a prestar o serviço não gostaram. Recentemente eles precisaram atender a uma série de exigências para continuar trabalhando. O envelope da licitação será aberto no dia 23 de março.

Serão oferecidas 150 vagas, segundo a Prefeitura. Para concorrer, o profissional precisará obedecer a várias exigências. Também será preciso apresentar a documentação da motocicleta.

Quem está com a placa vermelha e já fez tudo o que era preciso está mais irregular do que quem ainda não fez nada.
Adriano Gonçalves, mototaxista

Pelas novas regras, os pontos onde os mototaxistas atuam serão definidos pela Secretaria de Trânsito e Transportes (Settrans). Profissional do setor há oito anos, Adriano Gonçalves se diz preocupado. Ele é regulamentado, mas agora terá de passar por outro processo para exercer a profissão.

“Serão R$ 2 mil para regularizar a moto. Isso porque tem a placa, a vistoria, o seguro de passageiro e um monte de negócio. Tem também a carteirinha, que agora não vale nova. Tem que comprar a placa de novo. Quem está com a placa vermelha e já fez tudo o que era preciso está mais irregular do que quem ainda não fez nada”, reclamou.

O secretário municipal de Trânsito e Transportes, Simonides Quadros, disse que os mototaxistas irão atuar em 16 pontos diferentes da cidade, mas a sede poderá continuar funcionando normalmente. “Os pontos serão na rua e demarcados, como é atualmente. Eles terão espaço para estacionar e não será cobrado estacionamento. Só que eles não poderão trabalhar fora do ponto”, destacou.

Ainda segundo o secretário, qualquer pessoa pode participar do processo licitatório. Porém, quem já exerce a profissão de mototaxista tem vantagem. “Essas pessoas que já estão cadastradas na Settrans, que já vêm prestando o serviço, têm vantagem de tempo de serviço e o ano da moto, que contam na pontuação”, finalizou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas