BNDES liberará ao Governo do Rio apenas 20% do total da linha de crédito do Maracanã

Relatório do TCU apontou indícios de irregularidades no processo de licitação das obras
A pedido do Tribunal de Contas da União (TCU), o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) irá liberar ao governo do estado do Rio apenas 20% do valor total da linha de crédito de R$ 400 milhões para as obras de reforma do Maracanã.
Relatório do TCU aponta indícios de irregularidades no processo de licitação das obras, que não estariam de acordo com “os princípios básicos da administração pública, como a legalidade, moralidade, vinculação ao edital, isonomia entre os licitantes, busca da proposta mais vantajosa, e estabelecimento de prioridades na realização de políticas públicas.”
A secretaria de obras do estado irá a apresentar os documentos exigidos pelo TCU e anunciou para o dia 15 de abril a apresentação do projeto-executivo.

LANCEPRESS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas