Batinga diz que Plano de Mobilidade Urbana de JP só será concluído em 2017

O engenheiro Carlos Batinga que será empossado nesta segunda-feira (9) como novo superintende da Semob-JP, revelou que o Plano de Mobilidade Urbano da Capital só deve ficar pronto em 2017 e que o processo licitatório deve acontecer no mês de janeiro. “Se gasta um ano e meio para se fazer um plano de mobilidade”, destacou Batinga em entrevista ao ClickPB.

Segundo ele, o edital para fazer a licitação de contração da empresa que fará o Plano de Mobilidade de João Pessoa está quase pronto e que pretende agilizar esse processo. O Plano de Mobilidade Urbana tem como objetivos melhorar a acessibilidade e a mobilidade das pessoas e cargas no município.

Batinga ressaltou também que o processo de licitação para a implantação o BRT  (Bus Rapid Transit), que consiste na construção de corredores exclusivos de transportes coletivos, também vai ser priorizado a partir de agora. “A expectativa é de que até janeiro todo o processo de entrega de documentação seja concluído, para que seja feita a licitação”, argumentou ele, lembrando que nenhuma cidade do mundo resolveu problema de mobilidade investindo em transporte individual.

A Caixa Econômica Federal informou que o projeto de mobilidade urbana de João Pessoa contempla alguns contratos oriundos de financiamento e outros do Orçamento Geral da União (OGU), mas nenhum deles foi licitado ainda, portanto, não ocorreu nenhum tipo de desembolso. “Os projetos estão em análise na Caixa, foram encaminhados para análise em outubro de 2015. A Caixa não fez nenhuma solicitação de recurso, pois só pode fazer após aprovação do processo licitatório”.

Plano de Mobilidade

De acordo com a Lei Federal nº 12.587/2012, que instituiu a Política Nacional de Mobilidade Urbana, os municípios com população acima de 20 mil habitantes teriam de elaborar, até janeiro deste ano, um Plano de Mobilidade Urbana atrelado ao Plano Diretor, sob pena de perderem recursos federais destinados à área.

Batinga que promete fazer ‘desmonte’ na Semob a partir de segunda-feira, disse que recebeu ‘carta branca’ do prefeito para formar uma equipe de trabalho. “Estou levando a melhor equipe disponível em João Pessoa para trabalhar José Augusto Morosine, como superintendente adjunto; Maximiano Machado, Nilton Pereira, Adalberto Araújo  e Telmano Japiassu, que assume diretoria financeira da Semob”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas