Aulas da rede municipal de Taubaté voltam nesta quarta. Licitação de livros didáticos está suspensa.

Provisoriamente, os 50 mil alunos vão utilizar livros fornecidos pelo Governo Federal. Não haverá prejuízo para as aulas

As aulas da rede municipal de Taubaté começam nesta quarta-feira (3). Só que a licitação para compra das apostilas aos estudantes está suspensa e a prefeitura terá que recorrer a outro material didático.

Os 50 mil alunos das escolas municipais vão utilizar provisoriamente os livros fornecidos pelo Governo Federal. Mas segundo o departamento de educação, não haverá prejuízo para as aulas. O processo de licitação para compra das apostilas foi suspenso em dezembro pelo Tribunal de Contas do Estado, porque um dos participantes questionou na Justiça alguns pontos do Edital.

No segundo semestre do ano passado, os estudantes das escolas municipais já haviam ficado sem o sistema apostilado. Uma decisão da Justiça proibiu os pagamentos à Expoente, empresa fornecedora do material didático, por considerar abusivos os gastos com as apostilas.

De acordo com o departamento de educação, o processo licitatório deve ser concluído nas próximas semanas e as apostilas, entregues em 30 dias. A prefeitura pretende investir cerca de R$ 36 milhões na compra do material, que deve ser usado por pela rede de ensino até 2012.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas