Audiência vai discutir novo edital de licitação de mototáxi em Manaus

Previsão é que 3303 mototaxistas estejam legalizados após o novo processo. Série de protestos tem envolvido legalizados e trabalhadores sem licença.

Novo edital irá conceder novas licenças para categoria (Foto: Marcos Dantas/G1 AM)
Novo edital irá conceder novas licenças para categoria (Foto: Marcos Dantas/G1 AM)

A Prefeitura de Manaus informou, nesta segunda-feira (24), que realizará audiência pública no dia 3 de dezembro deste ano para discutir e analisar critérios do novo edital de licitação de regularização do serviço de mototáxi em Manaus. O novo edital, anunciado neste mês, deve aumentar a oferta de licenças para a categoria. A previsão é que 3303 mototaxistas estejam legalizados após o novo processo. Há duas semanas, grupos de mototaxistas promovem protestos para cobrar prazo maior para a conclusão de cursos de qualificação. Por outro lado, profissionais regularizados pedem rigor no combate a trabalhadores irregulares.
De acordo com a Prefeitura, o novo edital será lançado no dia 5 de janeiro de 2015. A partir daí, serão 45 dias para a entrega de documentos e divulgação do resultado. O novo processo licitatório ofertará 1.668 vagas, entre remanescentes e novas oportunidades.
A Prefeitura informou que os vencedores da licitação terão seis meses para realizar cadastro e curso do Detran, que é obrigatório. Durante o período, os mototaxistas vão receber uma credencial autorizando o exercício da profissão.
A primeira concorrência pública para a formalização do serviço de mototáxi da capital encerrou em abril deste ano. Na primeira etapa, 1.679 vagas foram disponibilizadas, no entanto, 44 não foram preenchidas.
Protestos
Trabalhadores irregulares vêm promovendo uma série de protestos em Manaus. Nesta segunda-feira (24), um grupo de mototaxistas que não obteve licença para circular pelas ruas da cidade se reuniu para cobrar ampliação do prazo para conclusão de cursos de qualificação. O ato, afetou a passagem de veículos em algumas avenidas da capital.
A concentração ocorreu na Avenida do Samba, ao lado do Sambódromo. Por volta das 10h18, os manifestantes seguiram pela Avenida Pedro Teixeira e Constantino Nery em direção ao Centro da cidade. Por volta das 10h30, os mototaxistas estavam na área do Relógio Municipal. Pela manhã, eles percorreram ruas da cidade para chamar a atenção das autoridades.
Mais de 1.500 profissionais da área estão autorizados a circular na cidade. A obrigatoriedade de uso de uniformes e motocicletas padronizados passou a valer em junho deste ano.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas