Após recesso, Beto Pereira quer pressão em deputados.

Carga total é a palavra de ordem para o movimento iminente dos prefeitos em Brasília visando pressionar a Mesa Diretora da Câmara dos Deputados a cumprir a promessa de incluir na pauta de votação da Casa os projetos de interesse dos municípios após o recesso parlamentar.

O presidente da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), prefeito de Terenos, Beto Pereira (PSDB), quer o maior número de participantes no Estado em Brasília durante o movimento organizado pela CNM (Confederação Nacional de Municípios).

Na prática, os prefeitos querem que o presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP), candidato a vice na chapa da presidenciável Dilma Rousseff (PT), insidera na pauta de votação a emenda constitucional 29, que fixa percentuais de investimento na saúde, e o projeto que redistribui os royalties do petroleo na camada do pré-sal entre a União, estados e municípios.

Eles temem que essas duas matérias importantes para as finanças públicas municipais fiquem para ser apreciadas somente após as eleições de outubro, o que, na avaliação do presidente Beto Pereira seria um sério risco.

Senado
O presidente da CNM (Confederação Nacional de Municípios, Paulo Ziulkoski, enviará um ofício ao senador José Sarney (PMDB-AP) no dia 3 de agosto – quando termina o recesso no Congresso, solicitando a inclusão de alguns projetos municipalistas na pauta de votações do esforço concentrado.

No ofício, Ziulkoski apresenta ao presidente do Senado oito propostas de interesse municipal que aguardam a apreciação dos senadores. Algumas proposições datadas dos anos de 2003, 2005 e 2007.

Sarney e os líderes partidários devem se reunir no dia 3 de agosto para definir quais as matérias que serão discutidas e votadas em Plenário. De acordo com anuncio de Sarney, o esforço concentrado está marcado para os dias 3 a 5 de agosto e 31 de agosto e 1º e 2 de setembro.

Projetos
Na lista de projetos sugerida pela CNM ao presidente José Sarney estão incluídas as PEC (Propostas de Emenda à Constituição) 36/2009, 53/2005, 94/2003, 6/2009 e 59/2005; além do Projeto de Lei do Senado 315/2003; os Projetos de Lei Complementar 32/2007 e 99/2008; e por fim o Projeto de Decreto Legislativo 128/2007.

Confira abaixo o que propõe cada item a ser votado pelos senadores:

● PEC 36, de 2009 – Altera o art. 103 da Constituição Federal para permitir que confederação ou associação de Municípios de âmbito nacional, possa propor ação direta de inconstitucionalidade e ação declaratória de constitucionalidade.

● PEC 53, de 2005 – Altera o art. 158 da Constituição Federal, para estabelecer critério de rateio aos Municípios da receita do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) incidente sobre operações relativas à energia elétrica gerada com a utilização de recursos hídricos.

● PEC 94, de 2003 – Altera o inciso I do artigo 208 da Constituição Federal e acrescenta parágrafo ao artigo 60 do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias, para garantir o ensino fundamental em período integral e dá outras providências.

● PEC 6, de 2009 – Altera o art. 159 da Constituição Federal e acrescenta o art. 97 ao Ato das Disposições Constitucionais Transitórias, para criar o Fundo de Desenvolvimento dos Municípios de Fronteira.

● PEC 59, de 2005 – Acrescenta o seguinte inciso 5º ao art. 239 da Constituição Federal, para permitir que os recursos do PASEP sejam aplicados diretamente pelos Estados e Municípios.

● PLS 315, de 2003 – Complementar. Autoriza o Poder Executivo a criar a Mesorregião Metade Sul do Estado do Rio Grande do Sul.

● PLC 32, de 2007 – Altera dispositivos da Lei 8.666, de 21 de junho de 1993, que regulamenta o inciso 21 do art. 37 da Constituição Federal; institui normas para licitações e contratos da Administração Pública; e dá outras providências.

● PLC 99, de 2008 – Institui o Dia do Prefeito.

● PDS 128, de 2007 – Susta a Resolução 294, de 18 de setembro de 2006, da Comissão de Financiamentos Externos, editada pelo Ministro de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão.

Fonte: Assomasul

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas