Anatel recebe na terça-feira proposta para leilão do 4G

Atualmente, o sistema de banda larga 4G é transmitido por meio da faixa de 2,5 GHz

 A Anatel ainda propõe na licitação 10 MHz para cada bloco na primeira rodada Foto: Ueslei Marcelino / Reuters
A Anatel ainda propõe na licitação 10 MHz para cada bloco na primeira rodada
Foto: Ueslei Marcelino / Reuters

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) deve receber na próxima terça-feira as propostas de licitação (leilão) das faixas de 700 MHz de quarta geração, também conhecida como 4G. Atualmente, este sistema de telefonia móvel e banda larga é transmitido por meio da faixa de 2,5 GHz.
O valor mínimo das licenças é de R$ 7,71 bilhões, segundo edital publicado em 21 de agosto. Nas propostas, as empresas devem apresentar preço, garantia de manutenção da proposta e a documentação de habilitação.
De acordo com o anúncio do órgão regulador, o intuito é que a nova faixa possibilite “levar telefonia móvel de quarta geração e internet em banda larga de alta capacidade inclusive às áreas rurais a um custo operacional mais baixo, uma vez que essa faixa é ideal para a cobertura de grandes distâncias”.
A Anatel ainda propõe na licitação 10 MHz para cada bloco, na primeira rodada. Os vencedores do leilão devem arcar com os custos de eventuais interferências do 4G na TV Digital. Testes realizados no interior de Goiás mostraram algumas interferências na relação entre a telefonia móvel e o sinal televisivo.
O edital estima que esses gastos sejam de R$ 3,6 bilhões, mas não estabelece um teto para os desembolsos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas