Ainda no improviso, Prefeitura faz licitação para cabines de pedágio

Estrutura “atropelada” por caminhão em julho até hoje não foi substituída

Há seis meses, a cobrança de pedágio da Rodovia Doutor Cássio de Freitas Levy, que liga Limeira a Cordeirópolis, está improvisada e a expectativa é que a solução se concretize até março, quando uma nova cabine, já adquirida pela União Resgate, será instalada. Paralelamente, a Prefeitura iniciou na última semana a licitação para a compra de outras duas estruturas. A expectativa é investir R$ 73 mil.

Com uma das três cabines interditadas desde 10 de julho, o funcionamento da praça do pedágio está alterado. A medida paliativa adotada pela Prefeitura visa garantir o recebimento do dinheiro cobrado pela passagem de caminhões. Mas, para os motoristas, sobram transtornos e até risco de acidentes, apesar da sinalização. Em 10 de julho, um caminhão invadiu a terceira cabine, onde havia um arrecadador que sofreu ferimentos leves. Até agora, além da demora para a nova aquisição, o equipamento danificado não foi removido porque o procedimento exige o desligamento do sistema. “Vamos remover a cabine danificada quando a nova chegar. A estrutura já foi adquirida pela União Resgate porque foi um caminhão da empresa que danificou o bem público”, esclarece Marco Antonio Pinheiro, assessor da Secretaria de Mobilidade e responsável pela praça de pedágio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas