Aeroportos sofrem com falta de investimentos no interior do RS

Terminais de Pelotas e Passo Fundo têm falhas; em Santa Rosa, não opera.
Ministério da Aviação Civil diz que será lançada licitação ainda neste ano.

Enquanto o Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, não tem a pista ampliada, terminais de três cidades no interior do Rio Grande do Sul sofrem com a falta de investimentos. Os projetos de reforma são antigos, e a expectativa do governo federal é que as melhorias saiam este ano, como mostra reportagem do RBS Notícias (confira no vídeo).

Único na Região Norte do estado, o Aeroporto de Passo Fundo tem pouco conforto e sobram reclamações. “Quem chega aqui tem que disputar espaço para sentar. O ar-condicionado não funciona”, desabafa o aposentado Adroaldo Zottis.

A principal reclamação dos passageiros é a falta de espaço. O estacionamento fica lotado, e muitos passageiros precisam esperar na porta. “Pela estrutura de passo fundo a gente acha que é pouco [espaço]”, opina a professora Adiles de Marchi.

Em Santa Rosa, no Noroeste, a situação é ainda pior. Há dois anos, o aeroporto está desativado porque precisa de ampliação da pista e melhorias no terminal. “Se nós não temos logística para chegar, a indústria não vem para cá. Ninguém mais vem. O empresário não vai viajar de avião de outro país ou do Centro só até Porto Alegre e vir para cá em seis, sete horas de carro”, argumenta o empresário Mogar Sincak.

Em Pelotas, na Região Sul, o aeroporto utiliza apenas metade da capacidade. É preciso aumentar o terminal de passageiros, construir um novo estacionamento e colocar uma cobertura na área de embarque e desembarque.

Segundo o Ministério da Aviação Civil, Eliseu Padilha, serão abertas licitações para resolver os problemas ainda este ano. Em Passo Fundo, estão previstos investimentos de R$ 44 milhões. Já os terminais de Santa Rosa e Pelotas ainda passam por levantamentos técnicos.

“Esses aeroportos são fundamentais. Essas decisões são tomadas com dados absolutamente técnicos e confiáveis por parte do governo. E mais: tem que ser ter aeroportos que possam receber uma demanda crescente na aviação regional por 20 anos”, afirma Padilha.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas