Aeroporto de São Raimundo Nonato vai ser inaugurado na primeira quinzena de abril, diz secretário de Transportes

A inauguração do aeroporto vai permitir melhor acessibilidade a um dos principais destinos turísticos do Brasil, o Parque Nacional Serra da Capivara, centro de pesquisa sobre os homens pré-históricos das Américas. Ele afirmou que a Secretaria Nacional de Aviação Civil fez uma vistoria no Aeroporto de São Raimundo Nonato , em novembro do ano passado, e fez um relatório apontando irregularidades que precisam ser sanadas na cerca e na sinalização da cabeceira da pista do Aeroporto de São Raimundo Nonato.
A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) fez uma nova vistoria para homologar o Aeroporto de São Raimundo Nonato como aeroporto regional.
“O Aeroporto de São Raimundo Nonato está praticamente construído. O que está precisando para ser inaugurado? Uma vistoria feita pela Secretaria Nacional de Aviação Civil em novembro do ano passado detectou pequenas irregularidades na cerca e na questão da sinalização em uma das cabeceiras da pista. Recebemos em janeiro um relatório detalhado da Anac apontando cada uma dessas falhas, nós estamos providenciando uma contratação de um empresa para sanar essas falhas e tão logo estejam sanadas, a Anac voltará a fazer uma nova vistoria e, aí sim, constatando que todas essas irregularidades estejam sanadas, vai homologar o aeroporto para funcionar”, declarou Guilhermano Pires.
Meio Norte – Quais são as prioridades que a Secretaria Estadual de Transporte estabeleceu?
Guilhermano Pires – As nossas prioridades são acabar as obras que não estão concluídas, os aeroportos e o Rodoanel de Teresina e resolver a questão das rodoviárias.
Meio Norte – Quais são os aeroportos que estão sendo concluídos?
Guilhermano Pires – Nós temos alguns aeroportos dentro do Programa de Desenvolvimento Aeroviário Regional (PDAR), o Plano de Desenvolvimento da Aviação Regional como o Aeroporto de Parnaíba, que vai ter algumas reformas, o de Picos, o de Floriano, o de São Raimundo, o de Bom Jesus e o de Corrente. Esses vão ser reformados e construídos pela SAC (Secretaria de Aviação Civil), que uma secretaria ligada diretamente à Presidência da República. Eles estão fazendo os projetos e eles estão fazendo a reforma. Os outros aeroportos serão feitos pelo Governo do Estado. Para esses, nós estamos fazendo o projeto dentro de nosso Plano Aeroviário para construção dos aeroportos onde há mais demanda e para que o Governo do Estado possa aportar recursos.
Meio Norte – O Governo do Estado tem recursos para a construção dos novos aeroportos?
Guilhermano Pires – Esse estudo que está sendo realizado através da Secretaria Estadual de Transportes e por uma consultoria, que vai determinar o montante dos recursos a ser aportado para aeródromos.
Meio Norte – Como está o Aeroporto de São Raimundo Nonato e o que precisa para ser inaugurado?
Guilhermano Pires – O Aeroporto de São Raimundo Nonato está praticamente construído. O que está precisando para ser inaugurado? Uma vistoria feita pela Secretaria Nacional de Aviação Civil em novembro do ano passado detectou pequenas irregularidades na cerca e na questão da sinalização em uma das cabeceiras da pista. Recebemos em janeiro um relatório detalhado da Anac apontando cada uma dessas falhas, nós estamos providenciando uma contratação de um empresa para sanar essas falhas e tão logo estejam sanadas, a Anac voltará a fazer uma nova vistoria e, aí sim, constatando que todas essas irregularidades estejam sanadas, vai homologar o aeroporto para funcionar.
Meio Norte – Quando o Aeroporto de São Raimundo Nonato vai funcionar?
Guilhermano Pires – No máximo, na primeira quinzena de abril.
Meio Norte – Quanto deverão ser retomadas as obras do Rodoanel de Teresina e quando custa?
Guilhermano Pires – Em torno de R$ 25 milhões. O problema é que tem uma ação do Ministério Público Federal impedindo a execução das obras em virtude de um assentamento do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) e tem que ser resolvida a questão da desapropriação. A ação também questiona o Relatório de Impacto Ambiental. O que o Governo do Estado está tentando fazer junto ao Ministério Público Federal e junto ao Tribunal Regional Federal da 1ª Região? É fazer com que o Estado, através de um Termo de Ajuste de Conduta, consiga equacionar a questão jurídica para liberar a execução da obra. A construtora já está a postos, só esperando que a gente consiga destravar o processo junto ao Poder Judiciário para que a obra tenha s sua execução.
Meio Norte – O Governo está entrando com recurso na Justiça Federal?
Guilhermano Pires – Não. O Ministério Público Federal solicitou, o juiz da primeira instância deu uma liminar e o Estado do Piauí entrou com um agravo no Tribunal Regional da 1ª Região. É uma ação normal, não existe nada excepcional. A questão é que o Governo do Estado está procurando equacionar o problema para resolver a questão judicial, através de um entendimento junto ao Incra e junto ao Ibama (Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais). A empresa, que já havia desistido de continuar a obra, e já tinha até pedido a rescisão do contrato, convencida, da boa vontade do Governo do Estado, resolveu retomar a obra e não rescindir o contrato. Faltam pequenos detalhes para essa obra ser retomada e, se tudo der certo, entregar ela até o final do ano.
Meio Norte – Quando vão ser entregues os Rodoanéis de outras cidades?
Guilhermano Pires – Os outros Rodoanéis estão a cargo do DER (Departamento de Estradas e Rodagens).
Meio Norte – Quando será inaugurada a ponte JK sobre o rio Poti ligando as avenidas Frei Serafim e João XXIII?
Guilhermano Pires – Vamos lançar o edital para a contratação da empresa para executar os acessos da avenida Frei Serafim. Temos que fazer uma nova uma nova licitação. Vamos esperar a liberação do Relatório de Impacto Ambiental. O vão central da ponte está concluído. Agora faltam os acessos. A ponte não tem a funcionalidade sem os acessos.
Meio Norte – O trânsito do vão central vai desaguar onde?
Guilhermano Pires – O trânsito do vão central vai desaguar na avenida João XXIII com a continuação do vão central, após a retirada das carnaubeiras. São duas pistas no sentido centro-leste e vai agora contar com quatro pistas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas