Ação de construtora “trava” processo licitatório e deixa ruas de VG no escuro

Da Redação
A falta de iluminação pública na cidade de Várzea Grande deve se agravar nos próximos dias. Isso porque uma ação judicial da Construtora Nhambiquaras, que prestou o serviço de forma ineficiente por cinco anos na cidade, trava a conclusão do processo licitatório para contratar uma empresa para executar os serviços.
No primeiro semestre deste ano, o serviço já foi prestado pela Selprom Tecnologia Ltda. Todavia, o contrato firmado no final do ano passado venceu no mês de junho e, com a paralisação do processo licitatório, desde então os serviços estão interrompidos na Cidade Industrial.
Desta forma, as ruas e avenidas da cidade ficarão totalmente no escuro. A situação é mais agravante em bairro periféricos e contribui ainda para a situação de insegurança dos moradores em transitarem a noite pela cidade.
Autora da ação, a Nhambiquaras executou o serviço por vários anos cidade Industrial. No final do ano passado, uma ação do Ministério Público obrigou a prefeitura a anular o vínculo e realizar a licitação dos serviços.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas