Aberta licitação para recapear avenidas; serviço depende de verba federal

A Prefeitura abriu licitação a fim de contratar uma empresa especializada para realizar os serviços de recapeamento asfáltico das vias públicas do município. A contratada também deverá fornecer material, mão de obra e os materiais necessários à execução das obras.

Aberta licitação para recapear avenidas; serviço depende de verba federal
Registro de inúmeros buracos pelas ruas de Mogi Mirim tem atormentado motoristas da cidade (Foto: Ana Paula Meneghetti)

Segundo a Administração, serão reparadas a Avenida Juscelino Kubitschek, zona Norte, e a Avenida Padre João Vieira Ramalho, no Mirante. O valor do contrato pode chegar até R$ 418.559,63, preço máximo fixado pelo Poder Público. A verba ainda deve ser liberada pelo Ministério das Cidades.

A Prefeitura informou que o contrato com a empresa será firmado após o repasse do recurso pelo Governo Federal. O recapeamento deverá ser feito em 30 dias, a partir da data de expedição da ordem de serviço, nos trechos mais necessitados das vias, que suportam um intenso fluxo de veículos.

As empresas interessadas em participar da concorrência podem entregar os documentos e propostas até 9h do dia 16 de fevereiro, na Secretaria de Suprimentos e Qualidade, situada na Rua Dr. José Alves, 129, no Centro da cidade. Os envelopes serão abertos às 9h15, dando início ao trabalho de habilitação dos candidatos.

O processo será realizado na modalidade de tomada de preços, ou seja, o governo selecionará a melhor proposta, levando em consideração o menor preço global oferecido. Outra exigência do edital é que as empresas estejam devidamente inscritas no Cadastro de Fornecedores do Município. O extrato do edital foi publicado no Jornal Oficial da cidade, no último sábado, dia 23 de janeiro.

Precárias
Frequentemente, as vias da cidade, boa parte deterioradas pelos buracos, são alvos de críticas da população. No ano passado, O POPULAR fez uma matéria sobre a situação da Rua Professor Ferreira Lima, no Jardim Paulista, zona Norte. Bastante movimentada, os motoristas precisam de atenção para não cair nas crateras que quase tomam conta dos 900 metros de extensão da via.

De 2014 para 2015, o número de buracos mais que dobrou na Ferreira Lima. No final de dezembro, a reportagem percorreu por toda a rua e conferiu 126 crateras, sem levar em conta outras imperfeições no asfalto. Na última semana, o Serviço Autônomo de Água e Esgotos (Saae) providenciou o remendo de alguns buracos em vias como a Rua Padre Roque e Avenida 22 de Outubro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas