170 projetos são apresentados

Brasília. Na sessão inaugural da Câmara ontem a disputa era pelo primeiro lugar. Novatos e veteranos formaram uma fila em torno da Mesa Diretora, no plenário, para tentar a “pole position” na apresentação dos projetos desse mandato. A corrida acabou vencida pelo deputado de terceiro mandato, Maurício Rands (PT-PE). O projeto do parlamentar propondo mudanças na lei de licitação recebeu o protocolo de número um.

O recordista de projetos, no entanto, foi o novato Weliton Prado (PT-MG). Com a pasta carregada de propostas, ele chegou a protocolar mais de 50 projetos. “É simbólico. Já estou mostrando o meu ritmo de trabalho”, disse, enquanto assinava outros projetos para encaminhar ao protocolo. No fim do dia, foram apresentados 170 projetos de lei, 3 projetos de lei complementar, 7 projetos de resolução, 4 requerimentos de informação e uma proposta de emenda constitucional.

O iniciante delegado Protógenes Queiróz (PCdoB-SP) tentou ter o projeto número um de 2011, mas chegou em 21º lugar. O projeto dele altera o Código Penal para aumentar penas em crimes de corrupção A corrida para chegar em primeiro não interfere no ritmo de votação do projeto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas