Como fazer para reajustar os contratos vigentes devido alteração ICMS?

A Emenda Constitucional 87/2015, que entrou em vigor a partir de 01/01/2016, alterou a forma de rateio do ICMS nas operações interestaduais para consumidores finais, por exemplo os órgãos Públicos.

Logo, uma vez esta alteração incida sobre o preço inicialmente proposto (contratos / ata de registro de preço) o particular poderá requerer o reequilíbrio econômico-financeiro da avença, nos moldes da Lei 8.666/93.

O § 5º, artigo 65 da Lei 8666/93 estabelece com clareza que:

Art. 65.  Os contratos regidos por esta Lei poderão ser alterados, com as devidas justificativas, nos seguintes casos:

§ 5º. Quaisquer tributos ou encargos legais criados, alterados ou extintos, bem como a superveniência de disposições legais, quando ocorridas após a data da apresentação da proposta, de comprovada repercussão nos preços contratados, implicarão a revisão destes para mais ou para menos, conforme o caso.

Portanto, preenchidos os requisitos legais, caberá ao órgão contratante conceder a revisão dos valores expressos em contrato administrativo.

Rodolfo André P. de Moura
Jurídico ConLicitação

Autor:
Grupo ConLicitação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Pesquise as licitações no seu segmento agora

    Preencha seus dados para concluir a pesquisa

    Confira quantas oportunidades de venda existem no momento.
    Digite nome, e-mail e telefone para ver os resultados.





    Oportunidades de negócio esperando por você

    Aproveite o nosso período de teste gratuito e tenha sucesso no mercado de licitações.

    Licitações e dispensas